Raio-X InfoProp: Jardim Paulista

 Mapa Jardim Paulista

A área conhecida como Jardins é subdivida em quatro bairros: Jardim Paulistano, Jardim América, Jardim Europa e o Jardim Paulista. Este último, tema deste Raio-X InfoProp, fica no perímetro formado pela Av. 9 de Julho, Av. Paulista, Av. Brigadeiro Luís Antônio, Av. República do Líbano e Av. São Gabriel.

História do Bairro

A região nobre conhecida como Jardins eram no passado um lugar inóspito e alagado, o caminho pantanoso e cercado por brejos usados por lavadeiras e pescadores que se deslocavam até o rio Pinheiros. Os Jardins surgiram à partir de um revolucionário projeto urbanístico e arquitetônico de moradia da City of São Paulo Improvements and Freehold Land Company Limited, ou Companhia City como é conhecida a mais antiga empresa urbanística em funcionamento em São Paulo. O conceito de bairros-jardins com casas ajardinadas, desenvolvido para os subúrbios da Inglaterra, se tornou sucesso na Europa no início do século 20, e em 1913 começou a ser trazido para o País pela City.

O Jardim Paulista, bem como seus irmãos, nasceria com propósito residencial. é onde desembocam tantas alamedas que levam nomes de cidades do interior e do litoral paulista, tais como Alameda Lorena, Alameda Itú, Alameda Campinas, Alameda Santos e etc.

O Mais Barato e o Mais Caro:

A transação mais barata cadastrada na plataforma fica no edf. Andrômeda, situado na Al. Lorena, 307. O preço do m² foi de R$ 4.943,00 em Agosto de 2016. Já a mais transação foi de R$ 16.741, em Setembro de 2017, no Edf. Carmel, que fica na Rua Caconde, 484.

Raio-X

Quantidade de Condomínios:

O Jardim Paulista possui 460 condomínios residenciais.

Os condomínios ocupam uma área de terreno equivalente a 514.531 m² o que representa 21,5% dos 2.390.000m² de todo o bairro, cujo boa parte é ocupada por casas residenciais e pelo comércio.

Os Mais Novos:

No Jardim Paulista, as áreas disponíveis para incorporação de edifícios são cada vez mais restritas. De toda forma, existem 6 projetos em fase de lançamento, pré-lançamento ou em obras.

Linha do Tempo

Desde 1943 até os dias atuais, foram construídos uma média de 6,1 novos condomínios por ano.

Jardim Paulista - Condomínios Construídos - Acumulado

O maior período de verticalização do bairro ocorreu na década de 70. No primeiro ano da década, 45 novos condomínios residenciais foram construídos e o ritmo continuou muito forte nos anos seguintes. Praticamente 50% dos condomínios residenciais do bairro foram construídos durante entre os anos de 1970 e 1980.

Jardim Paulista - Condomínios Construídos - Ano a Ano

Número de Apartamentos

Os primeiros 10 prédios construídos tem ao todo 102 apartamentos. Já os 10 condomínios mais novos, somam 288 apartamentos ao todo. No total, o Jardim Paulista possui 17.979 apartamentos, uma média de 39,08 unidades por condomínio.

Jardim Paulista - Apartamentos

Andares

Os prédios residenciais do bairro tem uma média de 14,3 andares. Entre 1943 e 1953 o Jardim Paulista já era bem verticalizado, com uma média de 9,4 andares por edifício. Já os edifícios construídos nos últimos 10 anos, tem uma média de 18,6 andares.

Jardim Paulista - Média Andares

Destaque para o prédio residencial mais alto do bairro: o Edf. Varam, que fica na Alameda Itu, 93. Apesar de não ser o prédio com maior número de andares (27), tem um heliponto no topo e pouco mais de 90 metros de altura.

Edf Varam - Alameda Itu, 93

Fontes externas:

http://acervo.estadao.com.br/noticias/acervo,jardins-antes-das-mansoes-havia-o-brejo,10844,0.htm

*Os dados deste artigo tiveram como fonte a base do IPTU da prefeitura de São Paulo e a base de dados do CEP fornecida pelos correios. Estes dados foram compilados e aprimorados pela equipe da InfoProp.