Raio-X InfoProp: Moema Pássaros

mapa moema pássaros

Moema Pássaros é uma sub-divisão de Moema que fica no perímetro formado pela Av. Santo Amaro, Av. dos Bandeirantes, Av. Ibirapuera, Av. República do Líbano e Av. Hélio Pellegrino.

História do Bairro

Antigamente, a área que hoje é conhecida por Moema era o Sítio da Traição, uma chácara cortada pelos trilhos de bonde que ligava São Paulo ao então município de Santo Amaro.

Imigrantes ingleses e alemães ocuparam a área e formaram chácaras menores no final do do século XIX. Na década de 1930, o bairro recebeu indústrias e atraiu imigrantes russos e lituanos. Nas ruas Normandia e Gaivota há um conjunto de casas tombadas pelo Conpresp que preservam esse momento da história do bairro. Um grande marco para o bairro foi a construção do Shopping Ibirapuera na década de 1970, que atraiu o comércio para a área que até então era predominantemente residencial. O nome Moema foi dado somente em 1987, após um abaixo assinado dos moradores da região. Antes disso, o distrito era conhecido como Indianópolis. A região de Moema Pássaros fica mais próxima ao parque Ibirapuera, é vizinha à Vila Olímpia e Vila Nova Conceição e se possuí várias ruas e avenidas com nomes de pássaros, como Canário, Rouxinol, Inhambú, entre outros.

Diversas transações em Moema Pássaros foram registradas na plataforma da InfoProp. A transação com menor custo por área foi de uma venda ocorrida no Edf. Albatroz, localizado na Av. Macuco, 550 cujo o preço saiu por R$ 6.807 o m². Já o Edf. Hemisphere Ibirapuera, na Av. Juriti, 73, tem o registro da transação mais cara com R$ 16.866 por m².

Raio-X

Quantidade de Edifícios:

Moema Pássaros possui 414 edifícios residenciais.

Os prédios ocupam uma área de terreno equivalente a 565.156 m² o que representa 31,05% dos 1.820.000 m² de todo o bairro.

Os Mais Novos:

Apesar de ter cada vez menos casas e terrenos disponíveis, Moema Pássaros é um dos bairros mais procurados pelos incorporadores. Atualmente existem 8 projetos em fase de lançamento, pré-lançamento ou em obras.

Linha do Tempo

Desde 1955 até os dias atuais, foram construídos uma média de 6,5 novos prédios por ano.

Moema Pássaros - Prédios Construídos - Acumulado

O maior período de verticalização do bairro ocorreu na década de 80, com destaque para o ano de 1988, quando 22 novos prédios residenciais foram construídos.

Moema Pássaros - Prédios Construídos - Ano a Ano

Número de Apartamentos

Os primeiros 10 prédios construídos tem ao todo 164 apartamentos. Já os 10 prédios mais novos, somam 391 apartamentos ao todo. No total, o Moema Pássaros possui 17.698 apartamentos, uma média de 42,74 unidades por edifício.

Andares

Os prédios residenciais do bairro tem uma média de 16,2 andares. Entre 1955 e 1965, a média era de apenas 3,5 andares e esse número foi crescendo gradativamente. Os edifícios construídos nos últimos 10 anos tem uma média de 23,2 andares.

Moema Pássaros - Média de Andares

Destaque para o prédio mais alto do bairro: o The Place, que fica na rua Canário, 130. Construído em 2005, o condomínio é composto por duas torres, cada uma delas com 38 andares.

the place torre canario

Fontes externas:

http://patrimoniohistorico.prefeitura.sp.gov.br/a-modernidade-arquitetonica-que-floresceu-e-se-consolidou-na-vila-mariana-moema-e-saude/

*Os dados deste artigo tiveram como fonte a base do IPTU da prefeitura de São Paulo e a base de dados do CEP fornecida pelos correios. Estes dados foram compilados e aprimorados pela equipe da InfoProp.